• 41 99235-9570 / 41 99235-9540
  • 41 3324-3235
Clique aqui e
confira nossas oportunidades

DCL patrocina maior show público da história de Pinhais

Proprietária e administradora de mais de 150 mil m² de empreendimentos localizados em Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba,  a DCL Real Estate também foi participativa na festa de comemoração dos 23 anos do município.

Desta vez, a empresa proporcionou a vinda de quatro locais que prestigiaram o evento realizado na última sexta-feira (20) no centro da cidade, próximo ao Terminal Metropolitano. Bandas de destaque nacional como Chimarruts e Karametade animaram a festa.

Propriedades da DCL em Pinhais.
Propriedades da DCL em Pinhais.

Expressividade

Desde 1998, quando ingressou no ramo de Real Estate, a DCL é responsável pela maior fatia do mercado de imóveis corporativos e logísticos de Pinhais, o que garante crescimento econômico, geração de empregos, renda e impostos para a região. O Business Center Jardim Pedro Demeterco concentra galpões logísticos de grandes redes atraídas pelos incentivos fiscais e localização estratégica.

De acordo com o Secretário de Desenvolvimento Econômico de Pinhais, José Zeitel, a DCL Real Estate agrega valor à região. “A DCL sempre foi referência para Pinhais. Não apenas pela qualidade dos investimentos que apresenta, mas, sobretudo, pelo perfil das empresas que esses empreendimentos aproximam. São marcas consolidadas que são atraídas pela localização fantástica de seus imóveis e pelo padrão de serviços oferecidos”, declara Zeitel.

A presença da corporação em Pinhais gera benefícios, como arrecadação tributária e empregabilidade. Estima-se que, na construção do Armazém 5 e do galpão ocupado pela ALL/Tezza, a empresa tenha criado 2.400 empregos diretos e indiretos por mês e, segundo a Secretaria de Finanças, as empresas instaladas nos empreendimentos da DCL “estão entre as mais importantes quanto ao recolhimento de ISS e ICMS”.

Segundo Zeitel, essas instalações levam a Pinhais novas demandas de investimentos. “Com a chegada de executivos, a cidade está em fase de construção de mais dois condomínios de luxo. Ou seja, esse crescimento gerou um ciclo, com mais investimentos, mais crescimento e mais oportunidades de negócios”, afirma. Segundo o secretário, esse fluxo promissor deve durar em média seis anos, com taxa de crescimento de 10% ano, “contrariando as perspectivas nacionais de crescimento”.

Polo logístico

Marcas reconhecidas como Havan, Fox Lux, Daju, WaltMart, Adega Brasil, ALL e Maxxi integram o complexo logístico que compõe cerca de 72 mil m² de ABL (área bruta locável) e 150 mil m² de área total. Número que deve crescer até o fim de 2015 com a conclusão do Armazém 3, que contabiliza 12 mil m² de área construída.

Os empreendimentos da DCL em Pinhais estão localizados em sua principal avenida, a poucos metros de Curitiba. Segundo Paola Noguchi, diretora-geral da corporação, a localização geográfica é privilegiada. “Pinhais é uma cidade da RMC com comportamento diferenciado. É um município fora de Curitiba, porém, muito próximo, e que não apresenta comportamento periférico como algumas cidades da região metropolitana”, explica.

O complexo Jardim Pedro Demeterco, construído pela DCL, reúne construções nos moldes Built to Suilt (sob medida, de acordo com as especificações e necessidades do cliente) e o Armazém 5, com sete módulos, com capacidade de atender até sete inquilinos. O empreendimento de 11.500 m² recebeu investimento de mais de R$ 15 milhões e está 100% locado.

Localização estratégica

Localizada a menos de 10 quilômetros do centro de Curitiba, Pinhais é considerado um ponto estratégico para os negócios. Além da proximidade em relação à capital paranaense, possui fácil acesso logístico às principais rodovias do Paraná.  As operações instaladas em Pinhais também têm facilidade no deslocamento até o Aeroporto Afonso Pena (16 km) e Portos de Paranaguá (93 km) e Antonina (83 km), no Paraná; e de São Francisco do Sul (186 km) e Itajaí (200 km), no estado vizinho, Santa Catarina.

Incentivos fiscais

Outro atrativos aos investidores são os incentivos fiscais. As empresas prestadoras de serviço têm vantagem de 3% em relação ao ISS de Curitiba (5%). A cidade também é mais atrativa que outras localidades da RMC, como São José dos Pinhais e Araucária (3%). As companhias que oferecem compensações sustentáveis obtêm ainda mais reduções tributárias por meio do Programa de Incentivo ao Desenvolvimento Econômico, o PROINDESP, criado em 2009. O projeto concede às iniciativas “verdes”, isto é, não poluentes, redução de IPTU, ISS, ITBI, taxas municipais, contribuição de melhoria e, inclusive, dilação de prazo de recolhimento dos tributos municipais.

Comentários

comentários

Fique por dentro das nossas oportunidades.

Cadastre-se e receba nossas newsletters.