• 41 99235-9570 / 41 99235-9540
  • 41 3324-3235
Clique aqui e
confira nossas oportunidades

Artigos marcados com a categoria: Varejo

Google Pay é lançado no Brasil

  • Artigo publicado em: 16 de março de 2018
  • Categorias:

Confira tudo sobre o Google Pay – serviço lançado para otimizar compras em lojas físicas e virtuais.

O mercado varejista precisa acompanhar as tendências e inovações digitais que geram experiências de compra cada vez mais rápidas e personalizadas. Uma boa dica é ficar atento às novidades de empresas tecnológicas, que estão sempre atentas às demandas dos compradores de todo o mundo. No final de fevereiro, a Google lançou no Brasil o Google Pay. O sistema que permite fazer pagamentos em lojas, aplicativos e sites com a proposta de facilitar o processo de compra e garantir mais segurança para vendedor e comprador.  O novo serviço unifica e substitui o Pagar com Google e o Android Pay. Veja como funciona:

Carteira digital

Com o Google Pay, o usuário pode cadastrar seus cartões de débito e crédito, visualizar o histórico de compras, encontrar lojas mais próximas e participar de programas de fidelidade e recompensas. É possível até receber alerta de promoções.

Pagamento

O Google Pay funciona por aproximação. Basta desbloquear o celular e aproximá-lo da máquina de cartão que tenha suporte para a tecnologia NFC.

Segurança

O Google Pay tem um avançado sistema de proteção integrado. Quando o cliente faz pagamentos em lojas, o aplicativo compartilha um número criptografado com o comerciante em vez dos dados reais do cartão.

Para os lojistas

A Google afirma que não vai cobrar nenhuma taxa de lojistas e clientes. O sistema também é compatível com processadores de pagamento como Adyen, EBANX, Paysafe e Worldpay.

Acompanhe nosso blog e conheça nossas soluções em real estate para o setor varejista. Já somos parceiros de empresas como Walmart, PETZ e Kalunga. Temos uma oportunidade especial esperando por você!

Cinco motivos para ter uma loja em shopping center

  • Artigo publicado em: 21 de fevereiro de 2018
  • Categorias:

A definição do ponto comercial é uma das fases mais importantes na abertura ou expansão de um negócio. Ela pode ser decisiva para o sucesso do investimento. O mercado de shopping center oferece uma série de vantagens para conquistar a localização perfeita de lojas dos mais diferentes segmentos, entre eles moda infantil, masculina e feminina, artigos esportivos, calçados e decoração. Listamos abaixo cinco motivos para apostar na presença da sua loja/franquia em um shopping e ganhar mais visibilidade e confiança dos clientes, fatores que são convertidos em vendas.

Faturamento crescente

Segundo levantamento da Associação Brasileira de Shopping Centers (ABRASCE), em 2017 o setor registrou 6,2% de alta nas vendas, com um faturamento de R$ 167,7 bilhões. Se comparar com 2015, o crescimento foi de 10,6%. O que isso significa? Em um período de discussões sobre a estabilidade econômica brasileira, o consumo em shoppings continuou aquecido.

Apoio no planejamento

Antes de fechar negócio, você tem acesso a estudos de público-alvo, regiões atendidas pelo shopping, número de visitantes, além de informações como fluxo de veículos nas vias de acesso. Todo o material permite uma escolha assertiva, levando em conta os objetivos que deseja atingir na sua loja.

Movimentação

Em 2017, os shoppings centers brasileiros receberam, ao todo, 463 milhões de visitas mensais. Sem dúvida, essa é uma das maiores vantagens de marcar presença no setor. Na maioria das vezes, a visita aos empreendimentos é feita com o objetivo certo de fazer compras, o pode gerar uma efetividade muito maior do que pontos de rua.

Conforto e segurança

Esse é um diferencial marcante. Os clientes procuram um lugar que ofereça comodidade – estacionamento, banheiros, fraldários, área de alimentação e descanso e, claro, um ambiente seguro. A demanda por uma experiência de consumo completa é cada vez maior a presença em shoppings pode fazer toda a diferença. Além disso, os lojistas também contam com as mesmas facilidades e a certeza de estar em uma localização estratégica.

Horário de atendimento

Shoppings não param. Atendem de domingo a domingo, manhã, tarde e noite. Em datas comemorativas, como Dia das Mães e Natal, o horário de funcionamento ainda pode ser estendido para atender o alto fluxo de clientes. Para os compradores, a vantagem é sempre saber que vai encontrar a loja favorita aberta no horário em que mais precisar. Para o lojista, e uma facilidade a mais para conquistar clientes e, claro, aumentar o faturamento.

Que tal fazer de 2018 um ano de crescimento? A DCL também atua no setor de shoppings center e é proprietária do Shopping Cidade Maringá. Ele é um empreendimento que se tornou referência na cidade paranaense com uma experiência completa de consumo. Em 2017, o empreendimento recebeu o investimento de R$ 25 milhões para revitalização e expansão, que já estão nas últimas etapas. O SCM passa a ter 120 lojas, três âncoras, três megalojas, 850 vagas de garagem e mais uma grande lista de benefícios.

Marque uma conversa e venha conhecer todas as vantagens de fazer parte desta história!

Shopping Cidade Maringá

shopping cidade maringá

Av. Tuiuti, 710 – Vila Nova. CEP: 87040-360 – Maringá-PR

Site: www.shoppingcidademaringa.com.br

Telefone: (44) 2103-3100

Redes sociais https://www.facebook.com/shoppingcidmga/

DCL Real Estate

(41) 3324-3235

(41) 99235-9570 (ligação e WhatsApp)

E-mail: comercial@dclrealestate.com.br

Crescimento do comércio varejista se consolida e deve se manter em 2018

  • Artigo publicado em: 12 de janeiro de 2018
  • Categorias:

Volume de vendas do varejo em 2017 subiu 3,7% em relação ao ano anterior

Uma pesquisa divulgada pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), com base em dados do IBGE, apontou que o comércio varejista brasileiro cresceu 3,7% no volume de vendas de janeiro a novembro de 2017.

Em novembro, o volume de vendas nos dez segmentos que integram o varejo ampliado avançou 2,5% em relação a outubro, já descontados os efeitos sazonais. Esse foi o melhor resultado na comparação mensal desde que o IBGE passou a divulgar os dados do varejo ampliado em 2003. Em relação a novembro de 2016, a alta foi de 8,7%, a maior desde 2010. Na passagem de outubro para novembro de 2017, o avanço no volume de vendas do comércio varejista foi acompanhado por 24 das 27 Unidades da Federação, com alta de 2.8% no Paraná.

A CNC projeta ainda um crescimento de 5,1% para 2018, se preservado o cenário atual de inflação abaixo da meta e juros em queda. “Esse cenário se baseia na percepção de que a inflação permanecerá livre de pressões maiores no curto prazo e, mesmo em um horizonte mais amplo, deverá encerrar o ano abaixo do centro da meta de inflação. Esse processo permitirá, portanto, que as taxas de juros mantenham a atual trajetória de queda – ingrediente fundamental para a sustentabilidade do crescimento das vendas ao longo de 2018”, afirma o chefe da Divisão Econômica da CNC, Fabio Bentes.

Fique por dentro das nossas oportunidades.

Cadastre-se e receba nossas newsletters.